ÁREA DO CLIENTE

Esqueceu sua senha?

Notícias

Como saber se o seu condomínio precisa de um software de gestão?

 

A atividade de um síndico envolve muita responsabilidade. O síndico está sempre correndo para resolver problemas do condomínio, lidando com imprevistos, organizando papéis e tirando dúvidas dos condôminos. Os cuidados deixados sob responsabilidade desse profissional são tantos que, se ele não dispuser de um sistema de organização eficiente, facilmente perderá o controle da situação.

Os registros feitos pelo síndico vão desde reservas do salão de festas e do uso da quadra do condomínio até as faltas de funcionários e a guarda de documentos importantes para o prédio, como as plantas da construção. Para o síndico não acabar perdendo tempo e se desorganizando em meio a tantos papéis e tantas obrigações, hoje ele pode contar com a ajuda da tecnologia. O mercado de softwares dispõe de excelentes opções que vão facilitar a gestão do condomínio, desde a gravação e digitalização de documentos até a criação de planilhas que ajudam a organizar reservas das áreas de lazer do condomínio.

E você, já conhece os benefícios que a tecnologia pode trazer para seu condomínio? Acompanhe a seguir!

SOFTWARE DE GESTÃO: TENHA MAIS TEMPO LIVRE!

Um software de gestão permite maior organização das atividades do síndico, bem como facilita os agendamentos e emite notificações de assembleias, reuniões e lembretes para o pagamento das contas do prédio, mas as suas vantagens não param por aí:

1- Previsão orçamentária: histórico de orçamento previsto e realizado, ao longo dos meses; disponibilidade do histórico a partir de custos específicos;

2- Faturamento: Especificação do rateio de contas entre condôminos; resgate de receita dos meses anteriores; controle do consumo de água, energia, gás, com leituras individuais e coletivas; controle de contas parceladas;

3- Contas a receber: cálculo automático, com correções, para pagamentos antecipados e em atraso; baixa automática de boletos com alerta de pagamento em duplicidade; controle de cobrança de taxas;

4- Contas a pagar: controle e lançamento automático de despesas regulares; emissão de DARFs, GPS, DIRF e informe de rendimentos; controle e impressão de cheques; baixa automática de cheques compensados; programação de pagamentos; lançamento individual de despesas com retenção automática de impostos;

5- Cobranças: histórico de inadimplência; criação de diversos modelos de carta de cobrança; emissão (primeira e segunda vias) de diversos modelos de boleto; emissão de recibo de pagamento; sistema de aviso, individual, de inadimplência para os condôminos; envio de e-mails para diversos tipos de comunicado;

6- Prestação de Contas: diversos modelos de balancete;

7- Outros recursos: relatórios de indicadores de atividade; definição de acesso às informações por grupos (utilização de senhas de acesso); compatibilidade do sistema (importação e exportação) com arquivos do Word e Excel.

Adotar um software de gestão de condomínio é uma tendência nos dias de hoje, já que facilita a vida do síndico, ajuda na boa administração e atrai novos moradores. Agora que você entendeu a importância de recorrer à tecnologia,não perca mais tempo e tenha o seu software de gestão condominial: administração de qualidade ao alcance de suas mãos!