ÁREA DO CLIENTE

Esqueceu sua senha?

Notícias

Síndico: curiosidades da profissão

Em homenagem ao Dia do Síndico, comemorado neste mês no Rio de Janeiro, trouxemos algumas curiosidades relacionadas à estes profissionais que são responsáveis por administrar condomínios e pela gestão de edifícios.

 

Não existe tradução exata da palavra “síndico” no inglês

No inglês, não existe uma palavra que traduza exatamente “síndico”. Algumas traduções de funções equivalentes aos síndicos que podem ser usadas são “the president of the association” “o presidente da associação, “the board of directors” — “a cúpula de diretores” e “the building manager” — “o gerente do prédio”. Outros profissionais como zeladores e o porteiros, são chamados de “the building super” ou “groundskeeper”, para o zeladores,  e “a doorman” ou “concierge”, para o porteiros.

 

A origem da palavra “síndico” foge do conceito atual

A palavra “Sindicato” vem do grego “Syndiké” (“syn” = “com” e “dike” = “justiça”), empregava aos gregos indicar o defensor de alguém num processo. Especialmente em Atenas, eram chamados de “síndicos” os cinco oradores públicos que formavam uma comissão encarregada de defender as leis antigas contra as inovações. Com o tempo, a palavra foi usada para denominar o que afeta à comunidade ou o que era comunitário.

 

Síndico natural e síndico profissional

Hoje no Brasil, o síndico profissional já é uma realidade. Sendo assim, existem dois tipos de síndicos. O síndico natural, que é residente e não profissional, e o síndico profissional, uma pessoa contratada, com experiência na área de administração de condomínios.

 

Você conhece o subsíndico?

Em alguns condomínios, quando um síndico é eleito, também surge a figura do subsíndico. O síndico é responsável pelos atos administrativos do condomínio, tendo de estar ciente dos acontecimentos e se responsabilizar pelo andamento da gestão. O subsíndico aparece como um dos órgãos auxiliares, juntamente do Conselho. Que servem para que o síndico tenha como apoio e espaço para descentralizar atividades e opiniões. Algumas das tarefas do subsíndico é, por exemplo, assumir o cargo do síndico nos dias de folga ou ausência e caso o síndico venha falecer, até uma nova eleição para o novo síndico.

 

O Código Civil consta com 10 artigos que relacionam-se com a função do Síndico

A Lei Federal estabelece as bases para o funcionamento de um condomínio, tendo a existência da figura do síndico como uma exigência legal no Brasil, desde 1964. O Código Civil brasileiro traz regras de funcionamento, direitos e deveres do síndico e condôminos. O novo Código Civil, que entrou em vigor em janeiro de 2003, modificou a Lei 4.591/64 que regia o setor. E, hoje, consta com 10 artigos que atingem a função do síndico, abordando questões como convocação de assembleias, representação do condomínio e criação de regimento interno.

 

Síndicos são isentos de taxas do condomínio

Não é uma lei, mas é uma prática comum para incentivá-los, e também pode ser vista como remuneração. Precisa ser aprovada nos condomínios pelos moradores em assembleia, ou por determinação da Convenção do condomínio.